Fatos relevantes

1925

  • Em 26 de janeiro, é registrada, no II Tabelionato de São Paulo, a Companhia Geral de Motores S.A., com sede na Avenida Presidente Wilson, 2.935, no bairro do Ipiranga. O capital inicial era equivalente a US$ 270 mil. Pouco tempo depois, a razão social passa a ser General Motors of Brazil S.A. (GMB).
  • Em 26 de fevereiro é instalada, na avenida Presidente Wilson, a linha de montagem.
  • Em setembro, o Brasil conhece o primeiro Chevrolet montado no país, um furgão de entregas urbanas.

 

1927

  • Em 17 de setembro, a linha de montagem produz o veículo de n o 25.000.
  • Em 24 de setembro, começa uma nova etapa na história da GMB: o início da construção da fábrica de São Caetano do Sul.

 

1928

  • Produzido o 50.000 o veículo Chevrolet no Brasil.
  • Em 1º de outubro, foi iniciada a produção de veículos em São Caetano do Sul.

 

1930

  • Em 12 de agosto, é inaugurada oficialmente a fábrica de São Caetano do Sul.

 

1932

  • Em julho, uma novidade: o primeiro ônibus com carroceria fabricada no país. Nele, vários tipos de materiais são empregados, inclusive estruturas de madeira.

 

1942—1945

  • A General Motors do Brasil participa, durante o período da Segunda Guerra Mundial, do esforço militar na produção de veículos e material bélico. São produzidos mais de 2.000 veículos a gasogênio para uso civil. Em 1943 é iniciada a fabricação de molas semi-elíticas.

 

1953

  • Em outubro, é adquirido o terreno em São José dos Campos, com 1.634.008 m², para expansão futura.

 

1956

  • Em 12 de dezembro, o Grupo Executivo da Indústria Automobilística (GEIA) aprova o plano de nacionalização para a fabricação de caminhões Chevrolet.
  • Em 21 de dezembro, é iniciada a fabricação da Fundição e da fábrica de Motores, em São José dos Campos.

 

1957

  • Em 28 de junho, o GEIA aprova o plano de fabricação de caminhões leves Chevrolet.
  • Ainda em junho, sai o primeiro caminhão Chevrolet nacional.

 

1958

  • Em 4 de dezembro, a fábrica de São José dos Campos — ainda em construção — entrega o primeiro motor Chevrolet fundido, forjado e usinado no Vale do Paraíba.

 

1959

  • Em 10 de março, é inaugurada a segunda fábrica da General Motors do Brasil, em São José dos Campos. Na época, produzia somente motores e peças para os caminhões Chevrolet Brasil, picapes e camionetes Chevrolet Amazonas.

 

1966

  • A GMB anuncia a expansão de suas duas fábricas para a fabricação de um carro de passageiros.

 

1968

  • É lançado, em 19 de novembro, o primeiro carro de passageiros Chevrolet produzido no Brasil, o Opala, com quatro portas.

 

1969

  • Desde setembro de 1925 a 26 de setembro deste ano, uma importante soma: 500.000 veículos.

 

1970

  • A GMB inaugura uma nova linha de montagem em São José dos Campos, visando o lançamento do seu primeiro carro pequeno, o Chevette.
  • Em 3 de agosto, o 50.000º Chevrolet Opala.

 

1972

  • Em 14 de dezembro, é adquirido terreno com 11.273.205 m² em Indaiatuba, São Paulo, para o futuro Campo de Provas da GM.

 

1973

  • Em 24 de abril, a GMB apresenta oficialmente à imprensa o Chevette duas-portas, o primeiro carro pequeno da GM.

 

1974

  • Em 26 de março, é produzido o 50.000 o Chevette.
  • Em 5 de junho, é produzido o milionésimo veículo Chevrolet.
  • Em 15 de julho, entram em operação as instalações do Campo de Provas da Cruz Alta, em Indaiatuba.

 

1978

  • Em 26 de setembro, é inaugurada a Estação de Tratamento de Águas de São José dos Campos.

 

1979

  • Em setembro, a GMB começa a vender veículos a álcool.
  • Em 12 de dezembro, a fábrica de São Caetano do Sul comemora a produção do 1.500.000 o veículo.

 

1980

  • Em 8 de janeiro, a GMB produz o 2.000.000 o veículo produzido no Brasil.

 

1981

  • Em 27 de janeiro é iniciada a produção do motor Família II para o carro “J”.
  • Em 1º de junho, a GMB é considerada a primeira empresa automobilística do mundo em índice de qualidade.

 

1982

  • Em 19 de fevereiro, o Opala alcança sua 750.000 a unidade.
  • Em 19 de abril, a imprensa conhece o carro “J” da GM — o Monza.
  • Em 13 de maio, a GMB lança ao público o Chevrolet Monza.
  • Em 29 de julho, o Chevrolet Monza ainge outra vitória: 10.000 unidades.

 

1983

  • Em 17 de fevereiro, sai da linha de montagem o 750.000 o Chevette.
  • O Chevette é o líder de vendas no país, com um total de 85.894 unidades comecializadas no ano.

 

1984

  • Em 21 de fevereiro, é produzido o 100.000 o Monza.
  • Em março, a fábrica de São José comemora seus 25 anos.
  • O Monza é o líder absoluto de vendas, com um total de 53.022 unidades comercializadas no ano.

 

1985

  • A GM comemora seu 60º aniversário de atividades no país, no dia 26 de janeiro.

 

1987

  • Em março, 1 milhão de Chevettes produzidos em São José dos Campos.

 

1988

  • Em 2 de fevereiro, inauguração do Centro Tecnológico em São Caetano do Sul

 

1989

  • Em abril, apresentação do Kadett à imprensa, no Rio de Janeiro.
  • Em 5 de outubro, inauguração da Estação de Tratamento de Efluentes Industriais Ácido-Álcalis de São Caetano do Sul.
  • Em 4 de dezembro, 5 milhões de motores Chevrolet produzidos.

 

1990

  • Em fevereiro, lançamento do Monza Classic SE 500 EF com injeção eletrônica de combustível.
  • Em 5 de junho, o primeiro projeto do “Empresários para o Futuro”, com a fábrica de cabides instalada na GM, completa um ano de atividades.
  • Em 22 de agosto, inauguração da Pista Circular no Campo de Provas da Cruz Alta, em Indaiatuba, São Paulo, de 4,3 quilômetros de extensão.

 

1991

  • Em maio, é comemorada a produção de 600.000 unidades do Monza.
  • A GM lança em março o Chevette Júnior, propulsionado por motor 1,0-litro, a pick-up Conquest e o motor Maxion S4T turbo.
  • Em abril, o Opala sai de linha, após 23 anos ininterruptos de produção, com a marca de quase 1.000.000 de unidades produzidas.
  • A Prefeitura de São Caetano do Sul institui, em julho, o “Dia do Chevrolet”, a ser comemorado no terceiro domingo do mês de julho de cada ano.
  • Em setembro, o Omega chega ao mercado para ser o automóvel mais moderno e sofisticado do país.
  • Em 6 de novembro, a fábrica de São José dos Campos comemora a produção de 1.500.000 veículos.
  • A fábrica de São Caetano do Sul coloca em funcionamento, em dezembro, a sua Estação de Tratamento de Efluentes Industriais Oleosos.

 

1993

  • Em 13 de janeiro, as Fábricas de Motores de São José dos Campos atingem a marca de 6.000.000 de motores fabricados (Opala, Chevette, Comerciais e Família II).
  • Em 3 de fevereiro, a Fábrica de Caminhões e Comerciais alcança a marca de 300.000 unidades produzidas.
  • Nos dias 1 o e 2 de abril a GMB apresenta à imprensa especializada seus dois novos produtos, a station-wagon Suprema, derivada do Omega, e a Kadett Ipanema de quatro portas.
  • A GMB lança, em abril, o Chevette L 1.6, representante Chevrolet no segmento de carros populares.
  • Em 8 de junho, a GM do Brasil lança, no Jardim Botânico de São Paulo, o primeiro carro movido a gás natural dotado de injeção eletrônica, um sistema multiponto.
  • Em 27 de agosto, é criado o Instituto Cultural e Filantrópico General Motors, instituição que visa facilitar a ação de todo o Grupo GMB em ações de cunho social.
  • Em 8 de setembro, é fabricado o Monza número 750.000.
  • Em 22 de setembro, o MVA de São Caetano do Sul alcança a marca de 1.000 Vectras produzidos, antes do lançamento.
  • Em setembro, a GMB lança a Garantia Estendida, serviço opcional que eleva a garantia de fábrica dos veículos Chevrolet para dois anos ou 50.000 km.
  • O Vectra é oficialmente lançado, em 2 de outubro.
  • A GMB lança, durante a Brasil Transpo 93, o Calibra, modelo esportivo importado da Opel alemã.
  • Em 19 de outubro, é produzido o Monza número 760.000.
  • Em 11 de novembro, durante a visita do presidente mundial da General Motors Corporation, Jack Smith Jr., a GMB comemora a produção do Chevrolet número 5.000.000, um Vectra GSi.
  • O Chevette sai de linha em 12 de novembro, dia em que a GM comemora a produção de 1.600.000 unidades do modelo, desde 1973.
  • O Centro de Treinamento Chevrolet de São Caetano do Sul é inaugurado em 13 de dezembro, juntamente com o Centro de Atendimento ao Cliente Chevrolet.

 

1994

  • Em fevereiro, a GMB lança o Corsa Wind 1.0.
  • O Corsa GL 1.4 é lançado em junho no mercado brasileiro.
  • A GMB coloca à disposição do mercado, em agosto, o Omega táxi movida a gás natural.
  • Em 4 de outubro, a GMB lança os novos motores 2,2-litros e 4,1-litros, que substituem, nas linhas Omega e Suprema, os propulsores de 2.0 e 3.0 litros.
  • A GMB lança em outubro, durante o 18 o Salão do Automóvel de São Paulo, o Corsa GSi 1.6 16V. No mesmo evento, anuncia o lançamento do Astra GLS hatchback, importado da Opel.
  • Em novembro, a linha de montagem do Kadett e da Ipanema é transferida de São José dos Campos para São Caetano do Sul, para possibilitar um aumento da produção do Corsa na unidade do Vale do Paraíba.

 

1995

  • Em 26 de janeiro, a GMB inicia as comemorações de 70 anos de atividade no Brasil.
  • A General Motors do Brasil obtém, em fevereiro, o certificado de qualidade da norma ISO 9002 para as fábricas de veículos de passageiros de São Caetano do Sul e de São José dos Campos. A GMB é a primeira indústria automobilística da América Latina a conquistar a certificação para duas fábricas completas.
  • Em março, a GMB lança a S10, a primeira pick-up do segmento compacto produzida no Brasil.
  • É criada, em março, a GMC Caminhões, nova unidade de negócios da GMB dedicada aos segmentos de Caminhões e Comerciais.
  • A diretoria da GM do Brasil anuncia em abril, em Brasília, um programa de investimentos no país da ordem de US$ 2 bilhões até 1998.
  • A picape Corsa GL 1.6 chega ao mercado brasileiro em maio, com design traseiro totalmente brasileiro.
  • Em maio, a GMB coloca no mercado o Astra Station Wagon, modelo importado da Opel, derivado do Astra GLS.
  • Em 5 de junho, a fábrica de São Caetano do Sul comemora a produção do seu veículo número 3.000.000, um Vectra GSi.
  • Em 21 de junho, entra em atividade, em fase piloto, o novo sistema de comunicação via satélite interligando a General Motors do Brasil e a rede de Concessionárias Chevrolet.
  • A GMB anuncia, em junho, a implantação de um novo Centro de Distribuição de Peças e Componentes, em Sorocaba, São Paulo.
  • Em agosto, é lançada a versão 5-portas do Corsa GL 1.4.
  • Em outubro, a GM do Brasil apresenta o utilitário esportivo Blazer, a pick-up S10 cabine estendida e o motor diesel Maxion HST para propulsionar a S10 cabine simples.
  • Em 11 de novembro, a GMB apresenta à imprensa especializada o Corsa Sedan GL e GLS, com motor 1.6 de 92 cv

 

1996

  • A GMB anuncia em 30 de janeiro a exportação de 500.000 veículos ao longo das duas últimas décadas.
  • Em 21 de fevereiro, é apresentado à imprensa o novo ciclo do Vectra, que trouxe para o Brasil inúmeras novidades tecnológicas em segurança e conforto.
  • No dia 5 de março é inaugurado oficialmente o CDP, Centro de Distribuição de Peças da GMB, localizado em Sorocaba (SP), a 100 quilômetros da capital paulista.
  • Em 3 de julho a Câmara Municipal de São José dos Campos institui este dia como o “Dia do Chevrolet”, a ser comemorado a cada primeiro domingo deste mês.
  • Em agosto, deixam de ser produzidos a Omega Suprema, o Monza e o Kadett GSi.
  • A GMB introduz a “Garantia Estendida Chevrolet”, no dia 2 de outubro.
  • Em 2 de dezembro, a GMB anuncia ao presidente da República a intenção de construir no país três novas fábricas, uma no Estado de São Paulo, outras no Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

 

1997

  • Em 30 de janeiro, é oficializada a construção da fábrica de Mogi das Cruzes.
  • Em fevereiro, a GMB assina contrato para instalação da fábrica de Gravataí, na Grande Porto Alegre, Rio Grande do Sul.
  • Em 17 de março, é anunciada a escolha do município de Gravataí, no Rio Grande do Sul, para sediar a terceira fábrica de montagem de veículos da GM no Brasil.
  • Ainda em março, é apresentada à imprensa a pick-up Silverado, com três motorizações, sendo duas a diesel e uma a gasolina.
  • Em 18 de agosto, o Corsa Sedan 1.6 passa a ser disponível com transmissão automática de quatro marchas.
  • O 4.000.000 o é produzido na fábrica de São José dos Campos.
  • Em 24 de outubro, é lançada a Pedra Fundamental da fábrica de Mogi das Cruzes.
  • Em 30 de outubro, é produzido o 8.000.000 o motor pela GMB.
  • Em 30 de dezembro, a GMB obtém a certificação ISO 9001 para todas as suas unidades no Brasil.

 

1998

  • Começa, em abril, a importação do cupê 2+2 Tigra, da Opel da Espanha.
  • Em maio é lançado o Corsa Sedã Super, o primeiro sedã de quatro portas com motor 1.0-litro da era moderna da indústria automobilística brasileira.
  • Em julho, ocorre o lançamento do Blazer com tração 4x4.
  • Em 31 de julho, encerra-se a produção do Omega.
  • Em 16 de setembro, o último Kadett deixa a linha de montagem em São Caetano do Sul.
  • Em 27 de setembro, o novo Astra hatchback de 3 portas é apresentado à imprensa sul-americana em Punta del Leste, no Uruguai.
  • Em 30 de outubro, no XX Salão do Automóvel de São Paulo, é apresentado à imprensa o novo Omega CD, importado da GM-Holdens, da Austrália.
  • Nessa mesma época, foi apresentado o utilitário esportivo Grand Blazer, produzido pela GM de Argentina.

 

1999

  • A fábrica de São José dos Campos completa 40 anos, em 16 de março.
  • Em 31 de março é comemorada a produção do milionésimo motor Corsa, em São José dos Campos.
  • Em 19 de abril, é mostrada à imprensa, no Campo de Provas da Cruz Alta, a reformulação da linha Corsa, cujos principais destaques foram o novo motor 1,0-litro de 16 válvulas para os modelos Super e a Corsa Wagon Super.
  • Em 3 de maio, a GMB e o governo gaúcho concluem acordo sobre a fábrica de Gravataí.
  • Ainda em maio, é lançada a S10 cabine dupla Executive 4x2.
  • Em 5 de novembro é inaugurado oficialmente o Complexo Industrial e Comercial Automotivo de Mogi das Cruzes (SP), a 60 quilômetros da capital paulista.

 

2000

  • O Astra GL, de motor 1.8 litro, e o GLS 16V, 2.0litros e 16 válvulas, passam a desenvolver 110 cv e 136 cv respectivamente, com ganhos nas retomadas e acelerações.
  • Ampliada em julho a linha Corsa com o lançamento do Corsa Furgão, utilitário destinado ao segmento de transporte de pequenos volumes.
  • A GM completa 75 anos de atividades no Brasil.
  • Incorporada à linha Chevrolet S10 uma nova geração de motores diesel - o Sprint 2.8 turbodiesel, que desenvolve potência 38,9% superior e nada menos que 51,7% a mais de torque em relação à versão anterior.
  • A linha Astra não pára de crescer. Depois do modelo hatchback de três portas e do Sedan de quatro portas, campeões de vendas em seu segmento desde o seu lançamento no Brasil em setembro de 1998 e fevereiro de 1999, respectivamente, a General Motors do Brasil está apresentando uma nova versão - o Astra Sport, hatchback 3-portas, para quem gosta de linhas ainda mais ousadas.
  • Em 02 de setembro é lançado o Celta, um carro montado num Complexo Industrial com conceito totalmente novo na indústria automobilística mundial e que também introduziu no mercado, com pioneirismo, a sistemática de venda por meio da Internet.

 

2001

  • A GM produz em 29 de outubro no Complexo Industrial Automotivo de Gravataí, no Rio Grande do Sul, a unidade de número 100.000 do Chevrolet Celta. O automóvel, na versão básica, terá a cor vermelho Beta — uma das novidades da linha 2002 disponibilizada ao mercado.
  • Lançado o Astra Sedan Álcool para atender principalmente ao segmento do mercado que engloba os taxistas, além de clientes como frotistas e órgãos do governo.
  • Alcançada a marca histórica de 1 milhão de unidades exportadas desde 1974.
  • Lançado o Chevrolet Tracker no segmento de utilitários esportivos, no qual a empresa já tinha o Blazer.
  • Lançado o monovolume Zafira, única em sua categoria com sete lugares e 28 posições diferentes de bancos, com variações no volume de bagagem de 150 até 1.700 litros, sem remoção de assentos.

 

2002

  • A Chevrolet oferece uma alternativa aos clientes que desejam ter um veículo para funcionar com dois combustíveis, o álcool e o GNV. Trata-se do modelo Astra Sedã equipado com motor 1.8 litro a álcool, que pode, a partir de agora, ser convertido para o GNV sem perder a garantia.
  • A GM produz em 18 de outubro no Complexo Industrial Automotivo de Gravataí, no Rio Grande do Sul, a unidade de número 200.000 do Chevrolet Celta. O automóvel é um Celta versão Super, na configuração de quatro portas e na cor prata.
  • O Corsa Sedã, um dos maiores sucessos de vendas da General Motors do Brasil – que chegou ao mercado brasileiro em 1995 –, está sendo relançado no país como Corsa Classic, já como linha 2003. O novo modelo substitui a série especial Milenium e oferece ao consumidor a melhor relação custo-benefício dentre os automóveis disponíveis no segmento dos sedãs econômicos.
  • Lançado o novo Corsa, nas configurações "hatchback" de cinco portas e sedã de quatro portas, um veículo totalmente novo e considerado na época um dos mais evoluídos em tecnologia embarcada.

 

2003

  • A General Motors do Brasil está lançando o Chevrolet Celta 1.4 2004, uma nova opção para complementar a já vencedora linha Celta no mercado brasileiro.
  • A GM produziu no dia 17 de setembro, no Complexo Industrial Automotivo de Gravataí, no Rio Grande do Sul, o Chevrolet Celta número 300.000, na cor prata, de duas portas, equipado com todos os opcionais disponíveis e com o motor 1.0 "VHC" (Very High Compression).
  • Lançada como novidade mundial a picape Montana 1.8 Flexpower 2004, o primeiro veículo vendido exclusivamente com motorização multicombustível do mercado.
  • Chevrolet Meriva ganha o motor 1.8 chega equipado com a tecnologia multicombustível Flexpower, sendo o primeiro veículo do segmento a ser equipado com este tipo de motorização.

 

2004

  • Após quatro anos utilizando a carroceria do Vectra, a temporada de Stock Car passa a utilizar como novo design o Chevrolet Astra sedã.
  • O chairman e presidente mundial da General Motors Corporation, Rick Wagoner, foi recebido em audiência, nesta sexta-feira (06/02), no Palácio do Planalto, pelo presidente da república do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, para comunicar a decisão da empresa de investir US$ 240 milhões, no Complexo Industrial Automotivo de Gravataí (CIAG) — no Rio Grande do Sul -, onde é produzido o automóvel Chevrolet Celta.

 

2005

  • A GM promove pela primeira vez, em 21 de janeiro, em todas as suas unidades operacionais o "dia do muito obrigado", durante o qual os seus 19.000 empregados foram reconhecidos pelo esforço e dedicação na superação dos desafios estabelecidos para o ano de 2004, incluindo a liderança do mercado total pela primeira vez em seus 80 anos de atividades no Brasil, incluindo os segmentos de caminhões e ônibus.
  • Em 03 de fevereiro, o presidente mundial da GM na época, Rick Wagoner, anunciou um investimento de US$ 500 milhões, para o lançamento de uma nova geração do Vectra.
  • Em 30 de junho o Celta 1.0 VHC Flexpower tornou-se o primeiro veículo Chevrolet 1.0 litro equipado com a tecnologia flex fuel.
  • Em 06 de junho, o monovolume Zafira também ganhou o motor 2.0 Flexpower.
  • Em 19 de setembro começa a produção em série do novo Vectra, que foi lançado em 06 de outubro.
  • Em 02 de dezembro a unidade de Gravataí alcança a marca de 600 mil unidades produzidas do Celta.

 

2006

  • Em 15 de março a Chevrolet alcança 300 mil unidades de veículos equipados com motor Flexpower.
  • Em 20 de julho a unidade de Gravataí alcança a marca de 40 veículos por hora.
  • Em 28 de agosto é superada a marca de 2 milhões de Corsas produzidos no Brasil.
  • Em 1º de setembro a unidade de Gravataí alcança a marca de 700 mil unidades produzidas do Celta.
  • Em 04 de outubro é lançado o Prisma, um novo sedã produzido na fábrica de Gravataí.

 

2007

  • Em 18 de julho, o então presidente mundial da GM, Rick Wagoner, anunciou em São Paulo, o investimento de US$ 500 milhões, no Brasil e Argentina, para o projeto Viva e para a ampliação e duplicação do Centro Tecnológico e também a implantação de novas pistas e laboratórios no Campo de Provas da Cruz Alta, em Indaiatuba.
  • Em 04 de setembro, é lançado o Vectra GT (hatchback).
  • Em 12 de novembro, é lançado o Meriva com o sistema de transmissão automatizado Easytronic.
  • Em 26 de novembro, é lançado o Montana Combo, furgão compacto.

 

2008

  • Em 14 de abril é anunciada a implantação de uma fábrica de motores em Joinville, Santa Catarina.
  • Em 09 de maio, é anunciada a implantação de um novo centro logístico da empresa no Porto de Suape, em Pernambuco.
  • Em 20 de maio, a unidade de Gravataí alcança a marca de 1 milhão de veículos produzidos.
  • Em 19 de agosto, é lançado o Captiva Sport, modelo para o segmento dos utilitários-esportivos.

 

2009

  • Em 04 de fevereiro, é lançada a versão Ecotec do Captiva Sport.
  • Em 17 de fevereiro, é lançado o Vectra Next Edition (sedã).
  • Em 22 de junho, é revelado o nome do novo hatchback da Chevrolet, o modelo Agile.
  • Em junho, a Chevrolet registrou seu recorde histórico mensal, com emplacamento de 58.647 veículos vendidos no mercado brasileiro.
  • Em 15 de julho, a diretoria da GM anuncia mais um programa de investimento, de R$ 2 bilhões, para o desenvolvimento e lançamento de dois novos veículos – Projeto Ônix -, a serem produzidos até 2012 em Gravataí.
  • Em 06 de outubro, é lançado o Agile.
  • A Chevrolet fecha o ano de 2009 com um novo recorde histórico anual, com 595.536 veículos.

2010

  • No dia 26 de janeiro a GM do Brasil completou 85 anos de atividades no país.
  • No dia 22 de fevereiro, Tim Lee, e m sua primeira reunião de negócios no Brasil como presidente da GMIO da General Motors Company,confirmou a importação do Chevrolet Camaro para o Brasil.
  • No dia 18 de março a GM do Brasil recebeu o Prêmio Top Ambiental ADVB com o projeto ‘Chevrolet Flexpedition 2010: um passeio pela GM do Futuro’.
  • No dia 06 de maio a GMB inaugurou central logística no Complexo Industrial e Portuário Governador Eraldo Gueiros – Porto SUAPE -, em Ipojuca (PE).
  • No dia 31 de maio a GMB anunciou um novo investimento no valor de R$ 700 milhões para a unidade de São Caetano do Sul (SP).
  • No dia 09 de junho a GMB iniciou oficialmente as obras de expansão do Complexo Industrial Automotivo de Gravataí (Ciag), no Rio Grande do Sul. Esta é a segunda desde que a fábrica foi inaugurada, em julho de 2000.
  • Lançamento Chevrolet Malibu LTZ no Brasil. Modelo começou a ser vendido no dia 11 de junho em todas as concessionárias Chevrolet
  • No dia 29 de junho o Complexo Industrial da GM em Mogi das Cruzes iniciou a montagem oficial do primeiro subconjunto para o segundo modelo de veículos da ‘família’ Viva – a ser lançado no mercado brasileiro no último trimestre de 2010.
  • No dia 22 de junho, Denise Johnson foi nomeada presidente da GM do Brasil, no lugar de Jaime Ardila, que foi promovido à presidente da nova divisão GM América do Sul. Assumiram os novos cargos no dia 1º de julho.
  • No dia 20 de julho, a GM anunciou reinicio das obras da nova fábrica de motores da GMB, em Joinville-SC.
  • No dia 20 de julho, Complexo Industrial Automotivo de Gravataí completou 10 anos.
  • Em agosto é lançada a versão Rodeio da S10.
  • Em setembro é lançada a nova picape Montana.
  • Em novembro é lançado no mercado brasileiro o superesportivo Camaro.
  • Em dezembro é lançado o Omega Fittipaldi.

 

2011

  • Em 26 de janeiro a GM completou 86 anos de atividades no país.
  • Em fevereiro, a Chevrolet lança Celta e Prisma reestilizados como linha 2012 e também a nova motorização do Captiva.
  • Em cinco de março o Centro Logístico Chevrolet completou 15 anos de atividades na cidade de Sorocaba (SP).
  • A General Motors do Brasil anunciou em 18 de março a criação do terceiro turno de trabalho na área de produção de veículos na fábrica de São Caetano do Sul (SP). A medida foi tomada para ampliar a oferta de veículos Chevrolet no mercado brasileiro e implicaria na contratação de até 1.500 novos empregados. Com o terceiro turno, a unidade de São Caetano do Sul ampliaria sua capacidade atual de produção, de 200 mil veículos ano, para 250 mil veículos anuais. A mudança seria necessária para a produção de quatro veículos totalmente novos naquela fábrica.
  • Em abril a GM iniciou as obras de construção da nova fábrica de motores e cabeçotes em Joinville (SC), com investimentos totais de R$ 350 milhões.
  • Em seis de junho o projeto "Chevrolet Flexpedition 2010: Um Passeio pela GM do Futuro" foi o grande vencedor do 17º Prêmio de Mérito Ambiental da FIESP – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, na categoria das médias e grandes empresas. A premiação é destinada a distinguir e homenagear, anualmente, a empresa industrial, extrativa, manufatureira ou agroindustrial com maior destaque na implementação de projeto ambiental, com resultado significativo para a melhoria da qualidade do meio ambiente.
  • Começou em agosto a VoltXpedition Energias Renováveis, com seis etapas em São Caetano do Sul e São José dos Campos (SP), Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Pernambuco. A expedição mostraria para jornalistas, blogueiros, comunidade acadêmica e o universo das redes sociais, as tecnologias alternativas da mobilidade que estão sendo desenvolvidas pela General Motors em seu compromisso com a sustentabilidade. Além de projetos inovadores na área de energias renováveis em algumas das principais universidades e centros de excelência do Brasil.
  • Em setembro a General Motors do Brasil inaugurou oficialmente uma nova área do Centro Logístico Chevrolet – novo nome do então Centro Distribuidor de Peças, localizado em Sorocaba (SP) – a 100 quilômetros da capital paulista -, que completou 15 anos de existência no último dia cinco de março.
  • Em 11 de setembro a GM do Brasil lançou o sedã Cruze, veículo global da Chevrolet, com motor Ecotec6, flex fuel, transmissões automáticas e manual com seis marchas e garantia de três anos sem limite de quilometragem.
  • Em quatro de novembro, foi lançado o Cobalt, fruto de uma arquitetura global totalmente desenvolvida pelo Centro Tecnológico da General Motors no Brasil, que seria comercializado em mais de 40 países espalhados pela Europa, África, Oriente Médio e América do Sul. Além do Brasil, que foi o primeiro país a receber o Chevrolet Cobalt, outras três fábricas também produziriam o modelo.
  • Em dezembro o Cruze conquistou vários títulos como o melhor veículo em 2011, dentre os quais Abiauto (Associação Brasileira da Imprensa Automotiva), Top Car TV, Car Awards Brasil (Revista Car Magazine) e Autopress, enquanto o Cobalt foi escolhido o melhor pela revista Car & Driver.

 

2012

  • Em 26 de janeiro a empresa completou 87 anos de atuação no Brasil.
  • Em 15 de fevereiro é lançada a nova picape S10, nova e global e projetada e engenheirada pelo Centro de Desenvolvimento da GM localizado em São Caetano do Sul.
  • Em 10 de abril é lançado o Cruze Sport6 (hatchback).
  • Em 29 de maio são lançados os Sonic hatchback e sedã.
  • Em 28 de junho é lançado o mpv Spin, com capacidade para cinco e sete ocupantes.
  • Em 25 de junho a fábrica da GM em Gravataí alcança a marca de 1,5 milhão de unidades produzidas do modelo Celta.
  • Em 20 de julho a fábrica de Gravataí completou 12 anos de atuação e alcançou a produção de 1,9 milhão de veículos.
  • Em 23 de agosto é lançado o Cobalt com motor 1.8 e opção da transmissão automática de seis velocidades.
  • Em 25 de setembro a GM e a FEI - Fundação Educacional Inaciana Padre Sabóia de Medeiros – firmaram, no campus daquela universidade, em São Bernardo do Campo (SP), uma parceria para a inclusão da instituição no programa global PACE – Partners for the Advancement of Collaborative Engineering Education ou Parceiros pelo Avanço da Educação da Engenharia de forma Colaborativa. Esta é a segunda universidade brasileira apoiada pela GM – a primeira, desde 2005, foi a Poli, a Escola Politécnica da USP – Universidade de São Paulo.
  • Em 30 de outubro foi lançado o Onix, modelo hatchback desenvolvido no Brasil com design único e arrojado, criando uma nova referência para o segmento de compactos com DNA global da Chevrolet.  Especialmente concebida para o modelo, utiliza nova categoria de motor, a SPE/4, entrega mais desempenho e eficiência em versões 1.0 e 1.4.
  • Pela segunda vez consecutiva, a marca Chevrolet ganhou o prêmio de “Melhor Estande” do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. A escolha foi feita por um júri de jornalistas especializados de todo o país, que integram a Associação Brasileira da Imprensa Automotiva – Abiauto. Eles dedicaram os dois dias exclusivos para o trabalho da imprensa – para avaliar todos os estandes, lançamentos, novidades e atrações apresentadas pelas marcas presentes à mostra internacional.
  • Após superar em outubro de 2012, a expressiva marca de 200 mil unidades vendidas no mercado brasileiro, o Agile 2013 ganhou a versão Easytronic Gen II.
  • A General Motors do Brasil lançou em 09/10/2012, em um evento realizado em Porto Alegre (RS), o “Relatório Anual de Sustentabilidade 2011”, que apresenta os principais avanços da empresa em suas atividades no Brasil, na gestão corporativa e das iniciativas voltadas para a área da sustentabilidade.
  • Em 14 de novembro, a marca lançou o Trailblazer, um utilitário esportivo que oferece sete lugares e assentos dobráveis, para aumentar a capacidade do porta-malas, em versão única, a LTZ, com duas opções de motor, incluindo o inédito V6 de 3.6 litros e 239 cavalos a gasolina e o 2.8 CTDI a diesel.
  • A Chevrolet lançou a Montana Combo, furgão para utilização em pequenos serviços de transporte.
  • Em 13 de dezembro a fábrica da GM em Gravataí alcançou a histórica marca de 2 milhões de veículos produzidos.
  • A General Motors do Brasil lançou oficialmente em 07/12/2012, o Portal da Família, uma rede social interna da GM do Brasil para os empregados e seus familiares. A iniciativa é pioneira na indústria automobilística e uma das primeiras dentre as empresas brasileiras.

 

2013

  • Em 26 de janeiro a empresa completou 88 anos de atuação no Brasil.
  • Em janeiro a Chevrolet firmou patrocínio com 20 campeonatos estaduais de futebol pelos próximos dois anos. A ação faz parte de uma estratégia global da Chevrolet de ser a marca mais próxima dos clientes.
  • Em fevereiro, a Chevrolet lançou o Prisma, um sedã compacto com a pelo jovial, design imponente, tecnologia de ponta e conectividade. Disponível nas versões LT e LTZ, que empregam a motorização SPE/4 1.0L e 1.4L, mais eficiente e econômica.
  • No dia 27 de fevereiro, a GMB inaugurou em Joinville (SC) uma das fábricas mais sustentáveis do mundo. De suas linhas industriais saem motores 1.0 e 1.4 litro e cabeçotes de alumínio. Sua capacidade instalada de produção é de 120 mil unidades de motores e 200 mil de cabeçotes por ano, destinados às fábricas da GM de Gravataí (RS) e Rosario (Argentina).
  • No dia 10 de março, o Complexo Industrial da GMB, em São José dos Campos (SP), completou 54 anos de atividades. Nesta unidade - inaugurada em 10 de março de 1959, pelo então presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira - saiu o primeiro motor Chevrolet fabricado no Brasil.
  • A GMB comemorou no dia 15/03, no Complexo Industrial Automotivo de São Caetano do Sul, SP, a produção do Chevrolet Cobalt número 100.000, na versão LTZ, cor Branca, com o motor 1.4 Econo.Flex.